domingo, 27 de julho de 2014

Cosmos, Criador e destino humano -Parte 1


Texto de autoria de Dave Hunt


Clique aqui para ler o texto original em inglês


Clique aqui para ler o texto em espanhol





Apesar de todas as falhas para trazer a paz e a boa vontade à terra, os Estados Unidos da América, pode pelo menos se vangloriar de seu elogiado programa espacial. Nossos astronautas andaram na lua. Nossos astrônomos têm explorado os lugares mais longinquos do universo, com seus telescópios e descobriram muitos de seus mistérios. Mas espere um minuto. A certas realidades a enfrentar.


"Cosmos, Criador e o destino humano ", é o meu mais recente livro e ele começa com um breve olhar sobre a vastidão do universo. Mesmo se pudéssemos construir naves espaciais que podem viajar à velocidade da luz, levaria 100 mil anos para atravessar a Via Láctea, nossa galáxia relativamente pequena, e bilhões de anos para chegar a casa dos trilhões de galáxias que existem além da nossa. Esses fatos mostram quão tolo é o sonho do homem de "exploração espacial ". Cada vez que estou a bordo de um avião de passageiros e olho para o cockpit (cabine de pilotagem) fico a admirar o painel de instrumentos incrivelmente complexo que me faz pensar na andorinha do Ártico. Esta ave vive na tundra do extremo norte, e em seguida voa durante oito meses por milhares de quilômetros através do oceano para chegar ao seu destino que é perto da borda da Antártida antes de retornar ao seu ponto de origem. Esta ave vai voar mais de 20 mil milhas durante sua vida. Seu painel de instrumentos está localizado em seu cérebro minúsculo e seu sistema de orientação é o instinto, uma capacidade que nenhum processo evolucionário poderia desenvolver, nem qualquer homem explicar.

O ateísmo, em parceria com o darwinismo, é o movimento que está se espalhando a uma velocidade vertiginosa no mundo de hoje. É a mais importante arma no arsenal de Satanás em sua batalha contra Deus. Ateu mais famoso do mundo, Richard Dawkins, um ex-professor da Universidade de Oxford, é o principal porta-voz do movimento ateísta. Seus livros regularmente aparecem na lista do jornal " The New York Times "como um bestseller. Convertido ao darwinismo na idade de quinze anos, acontecimento que transformou-o de um anglicano nominal a um ateu fervoroso. Ele afirmou que "a fé em Deus não é apenas estúpida, mas o mau ".

A mesma transformação aconteceu na vida de Charles Templeton. Ele foi parceiro de pregação de Billy Graham. O darwinismo o tornou em um ateu. No seu livro intitulado "Um Adeus a Deus", ele relata o que escreveu para Billy:

"Billy, é simplesmente impossível para mim acreditar, por exemplo, na história bíblica da criação. O mundo não foi criado ao longo de um período de dias alguns milhares de anos atrás. O mundo evoluiu durante milhões de anos. Este não é um problema de especulação, é uma realidade que tem sido demonstrada."

Templeton foi tragicamente errado. O darwinismo continua hoje a transformar multidões em ateus. Muitos autores têm argumentado ambos os lados da controvérsia criacionismo versus evolucionismo. É realmente o teísmo contra o ateísmo, Deus contra Satanás. Este conflito antigo logo chegará à sua dramática conclusão. Isso é o que o livro "Cosmos, Criador e destino humano "nos diz.

Nós nos orgulhamos das grandes cidades que temos construído e mantemos registros detalhados das proezas atléticas: quão rápido podemos correr, quão alto ou até onde podemos saltar, etc. Como vimos no caso da andorinha do ártico, insetos e animais nos vencem em todos as façanhas físicas ou explorações. É surpreendente, no entanto, que quase ninguém em ambos os lados do debate, nunca menciona o fator-chave que separa o homem de todas as criaturas do reino animal: a capacidade do homem para formar idéias conceituais e expressá-las em palavras, música e arte! Nós somos feitos à imagem de Deus, nosso Criador e amante da nossa alma. O mesmo não pode ser dito de qualquer outra criatura viva.

Este simples fato revela a futilidade de explorar o mundo de fósseis para tentar encontrar o "elo perdido" que supostamente existe entre o homem e as criaturas inferiores de todos os tipos. É igualmente inútil procurar o DNA do homem e de animais durante um elo perdido. Nem o esqueleto humano ou a estrutura do DNA tem algo a ver com o que a pessoa realmente é. O DNA de um chimpanzé é 96 por cento como o dos seres humanos. Isso não indica qualquer ligação evolutiva entre humanos e chimpanzés, como disse Francis Collins, um cristão professo, recentemente nomeado para dirigir o Instituto Nacional de Saúde. Mesmo que os esqueletos completos e DNA de Albert Einstein, Charles Dickens e Ludwig van Beethoven viessem a ser descoberto nos dariam talvez a chave para a genialidade destes homens? Claro que não! Uma pessoa real é: um ser que não é físico vivendo em um corpo físico. Este fato é incontestável.

Seus pensamentos não são originários de seu cérebro. Você é o pensador que vai viver para sempre depois que seu corpo físico se decompor no túmulo. Almas e espíritos não estão sujeitos às leis da física e da química que governam nossos corpos físicos. Esses fatos têm sérias conseqüências para todos nós. O que acontece com a alma e o espírito após a morte? Hebreus 9:27 nos diz: "E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, e após este o juízo." Você pode rir no seu caminho para o inferno, mas não será capaz de rir de querer fugir.

De qualquer forma, a rebelião contra Deus, que começou com Adão, tem continuado através dos séculos com grande determinação. Não há dúvida de que o objetivo principal da investigação científica é para provar que Deus não existe.

O objetivo das sondas espaciais, por exemplo, é encontrar sinais de água que pode indicar que a vida poderia ter se originado em algum lugar fora da terra e depois evoluiu. O objetivo, claro, é provar que o homem não é uma criação única, mas existem pessoas com inteligência similar em todo o universo e, portanto, não há necessidade de um "deus" para explicar nada. Esta especulação contradiz a lei da biogênese, que afirma que a vida só pode vir da vida.

Os ateus querem evitar perguntas sobre as origens. Eles falam sobre uma súbita explosão de energia que um crítico chamou de "Big Bang", mas eles não podem nos dizer do que consistia esta energia, onde ou porque estava escondida, ou porque, de repente, se manifesta uma explosão cósmica. Também não podem explicar como a vida poderia brotar de um universo que tinha experimentado temperaturas mais quentes que no interior da estrela mais quente. Eles não podem nos dizer o que a vida é, ou como ela poderia fornecer os elementos químicos que compõem nossos corpos. Não é desonesto falar de evolução sem confrontar algumas questões fundamentais?

O que há por trás da pesquisa diligente dos fósseis em todo o globo? O que mais do que encontrar alguma cadeia evolutiva, que liga os micróbios ao homem que eliminaria Deus? Assim é com a busca exaustiva através do genoma humano - para encontrar uma ligação evolucionária de criaturas inferiores ao homem. Desde que nós temos provado que o homem é mais do que apenas um corpo físico, o fato é evitado pelos ateus, porque conduz a Deus.

Os ateus são materialistas. Para eles não existe nada, exceto a matéria. Supostamente, o homem não é mais do que seu corpo físico. A tese materialista é facilmente refutada. Pensamentos e idéias não são físicos. Dicionários e enciclopédias estão cheios de palavras para as quais não há descrição física. Qual é a cor da ética? Qual cheiro tem a palavra agradável? Quanto pesa a palavra extraordinário? O materialismo não é só estúpido, mas também uma filosofia malígna. Qual é a textura da estupidez, ou o som do mal, ou o gosto da filosofia, etc.?

A verdade não pode ser evitada e não deve haver demora em confrontá-la com honestidade. Duas vezes a Bíblia declara: "Diz o insensato em seu coração, Não há Deus " (Salmo 14:1, 53:1). Ateísmo é a religião dos tolos.

Ela está relacionada com uma história sobre um homem que pregava no Hyde Park em Londres, Inglaterra, e durante um de seus sermões este homem disse que quem não acreditava em Deus era um tolo. Um homem na multidão de ouvintes gritou: "Eu sou um ateu! Se você não pode provar que eu sou um tolo, eu vou publicar nos jornais, e você será forçado a sair da cidade! "
" Você realmente não acredita em Deus? "

"Claro que não! Eu tenho lutado contra Deus, toda a minha vida! "

"Diga-me," respondeu o pregador, "se um homem que passa sua vida inteira lutando contra alguém que não existe não é um tolo, então quem é?"

Representações da cena aterrorizante do homem de pé diante do trono de Deus tem sido tentada por poetas, artistas e autores, mas a nossa imaginação pode nos levar à deriva. "Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez, enquanto no corpo, seja bom ou mau "(2 Coríntios 5:10). Neste imponente, formidável e assombroso evento, cada um de nós vai estar na frente de Cristo, cujos "olhos (são) como uma chama de fogo "( Apocalipse 1:14, 2:18)

Por outro lado, aqueles que rejeitaram a Cristo e que zombavam da oferta de salvação por Deus estarão diante do Grande Trono Branco e confrontrão aquele que se senta sobre ele e de cuja "presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles" (Apocalipse 20:11). Aquele que zombou da oferta do perdão de Deus será eternamente atormentado com a memória assombrosa de seus maus pensamentos, palavras e atos, e pensar que isso não deveria ter sido desta maneira. Foi a rejeição do perdão que Deus oferece através de Jesus, que selou seu destino. No final é bastante claro o que Davi confessou a Deus: "Pequei contra ti, somente contra ti , e fiz o que é mau aos vossos olhos"(Salmo 51:4). Quando estamos sobrecarregados com o remorso e se nos arrependermos de qualquer pecado que cometemos, não devemos esquecer de incluir a breve declaração de Davi que estava no cerne da sua confissão. Todo pecado é rebelião contra Deus.

Para o incrédulo, as chamas do inferno está queimando e atormentando a consciência que Deus nos deu e que Salomão descreve tão vividamente:

“Mas, porque clamei, e vós recusastes; porque estendi a mão, e não houve quem desse atenção; antes rejeitastes todo o meu conselho e não quisestes a minha repreensão; também eu me rirei no dia da vossa desventura, e zombarei, vindo o vosso temor. Vindo como tempestade o vosso temor, e vindo a vossa perdição como tormenta, sobrevindo-vos aperto e angústia, então a mim clamarão, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, mas não me acharão. Visto que aborreceram o conhecimento, e não preferiram o temor do Senhor, visto que não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão, comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos "(Provérbios 1:24-31 ).

Nós, como cristãos, devemos perceber a seriedade do que fazemos e o que ignoramos por considerar trivial, e devemos nos arrepender, se temos qualquer dúvida de que podemos ir contra a vontade de Deus. Qualquer pecado, não importa quão trivial seja, deve ser reconhecido como uma apropriação indébita e traição contra Deus. Apropriação indébita? Temos roubado Deus, em maior ou menor medida, da vida que Ele confiou a nós, uma vida para ser vivida para a Sua glória, e sim ter vivido por nós mesmos. Traição...? Em nossos corações lançaram uma insurreição contra o Deus do universo.

Somente quando vemos as coisas desta maneira podemos dizer que apenas começamos a nos arrepender. Muitos dos antigos hinos de fé refletem a solenidade com que os fiéis devem entrar na santa presença de Deus. Infelizmente, estes velhos hinos foram postos de lado para dar lugar ao que hoje chamamos de “música contemporânea” com letras que rebaixam a Deus de ser o Senhor do universo, um Deus cuja majestade nos leva a inclinar nossas cabeças em reverência santa, para ser apenas um amigo.

Em muitas das chamadas igrejas evangélicas não há temor de Deus, que Salomão disse que era "O princípio da sabedoria" (Salmo111: 10, Provérbios 01:07, 09:10). A lamentação do Senhor, quando Ele chorou por Israel deve ser a mesma quando ele vê o que a igreja é hoje: "O filho honrará o pai, e o servo ao seu senhor. Se eu sou pai, onde está a minha honra? E se eu sou senhor, onde está o respeito para comigo? diz o Senhor dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome. Mas vós perguntais: em que desprezamos nós o teu nome?" (Malaquias 1:6).

Falo para o meu próprio coração. Quantos de nós realmente vivemos como se estivéssemos convencidos de que o tempo é curto e que Jesus Cristo pode vir a qualquer momento? Precisamos parar e refletir sobre isso seriamente. Precisamos de uma renovação do coração, um novo despertar do Deus incrível e maravilhoso que é. Costumo confessar ao Senhor que eu tremo só de pensar que vou estar na frente dele. Eu sei que sou redimido e seguro em Seu amor, mas quando eu penso quão grande e maravilhoso Ele é, e como pequeno eu sou, acho que é presunçoso dizer "eu te amo, Senhor".

As Escrituras falam com grande solenidade para aqueles que rejeitam a Deus como Criador e Salvador. Não, nós não evoluimos. Essa teoria tem sido uma das mentiras mais engenhosas de Satanás. Em um só golpe, ele reduziu o homem a um nível animal irracional e ao mesmo tempo, ampliou seu orgulho fazendo-o acreditar que ele podia entender como veio a existir sem Deus e, portanto, permanecer livre de responsabilidade perante qualquer autoridade superior a si mesmo. Que grande desilusão para a pavimentação da estrada que leva à perdição.

Como se poderia colocar a verdade tão vital em um livro que contém uma discussão científica sobre as origens humanas e da finalidade de sua existência? Bem, isso é o que tem sido tentado no livro "Cosmos, Criador e o destino humano" a fim despertar os leitores para a maravilha do amor de Deus e do destino glorioso que Ele tem planejado para aqueles que abrem seus corações para Ele.